Adulto

Strong Girl Bong-Soon

(da direita para esquerda): Do Bong-Soon, Ahn Min Hyuk e In Kook-Do

Série/dorama: Strong Gilr Bong-Soon.

Estrelando :
Park Bon-yeong como Bong-Soon

Park Hyung-Sik com Min Hyuk ou Sr.Ahn

Ji Su como Kook-Doo

País: Córeia do Sul.

 

” Dona de uma força sobre-humana, Bong-Soon não tem muita dificuldade em enfrentar criminosos. Complicado mesmo é conviver com o chefe e um policial em um triângulo amoroso.” 

Depois de Jardim de Meteoros, Strong Girl Bong-Soon foi meu segundo dorama, e só posso dizer uma coisa: é impossível se arrepender de assistir ele.

O dorama conta como personagem principal Bong-Soon que é uma mulher com super força hereditária e que tem o sonho de criar um jogo com o personagem principal inspirado nela. Por ela já ser uma mulher e ser desempregada a mãe dela vive pegando em seu pé, e depois de um incidente na rua ela finalmente arruma um emprego, trabalhando pro Min Hyuk.

Já Kook-Do é um policial mas também amigo de Bong-Soon desde crianças e ela sempre teve uma paixonite um tanto fofa e engraçada  por ele ( quem não teria, não?).

Min Hyuk, ou como costuma ser chamado por Bong-Soon, Sr. Ahn é um esperto e nada chamativo dono de uma empresa de games, a Ainsoft, que ultimamente está recebendo muitas ameaças.

Apesar de conter somente os poucos dezesseis episódios, em compensação cada um tem 1 hora e pouco e está disponível na Netflix.

Esse dorama é bastante bem-humorado, alegre, com um enredo que te prendo do inicio ao fim, mas que também é engraçado. Não tem como não rir quando por exemplo a Bong-Soon pisa “sem querer” no pé do chefe dela: Sr. Ahn. 

O meio/quase triangulo amoroso do policial, a namorada dele e do irmão da Bong-Soon: Bong-Ki é realmente chamativo e me faz querer gritar com a tevê enquanto assistia, mas cá entre nós, não dá pra não shippar o Bong-Ki com a namorada do policial, mas chega por aqui, já estou dando spoiler de mais para quem ainda não assistiu.

E uma coisa que me chamou muita atenção foi a atuação da Park Bon-yeong ( nossa Bong-Soon). Quando ela faz por exemplo cenas tristes, ela não comove a gente com as falas, e sim com o semblante. Ela deve puxar muito para o emocional dela e isso é muito maravilhoso. Quando ela chora o nariz fica bem vermelhinho e realmente te dá aquela vontade de pegar e guardar ela num potinho longe de toda a maldade do mundo. Mas enfim, no resumo total é um dorama muito bem escrito e interpretado por todos.

E admito, o  Park Hyung-Sik (Min Hyuk) e o Ji Su (Kook-Do), lembram o Wonho e o Shownu, respectivamente, ambos do grupo de K-pop: Monsta x.

Mais Populares

Topo